BdQNews BdCast Vídeos Palavra Nérdica Reviews Anuncie
×
Wandavision

Wandavision

Tato Campos - 10.03.2021 10:22
    

Uma série sobre magia, família, um lugar onde uma feiticeira pode ter um marido sintosóide, um androide feito de Vibranium com a joia da mente em sua testa, pode ter filhos, onde todos os vizinhos são perfeitamente colocados nas situações do dia a dia, não tem razão para dar errado, ah sim, e tudo isso ainda é televisionado em formato de série. 

Essa sinopse parece uma loucura só, mas é isso que nos é apresentado nos primeiros episódios de Wandavision, a nova série do Disney+ que é produção da Marvel Studios e segue a trajetória de Wanda Maximoff e Visão depois dos eventos de Ultimato. 

Série que, embora já havia avisado que seria no formato de Sitcoms, a expectativa que foi gerada, como é de se esperar da Marvel, foi frustrada no decorrer das séries, pois alguns esperavam apenas comédia, outros esperavam manipulação mental, outros esperavam o demônio Mephisto, outros esperavam que Jesus ia voltar antes do final da série, mas enfim, a Disney entregou o que ela prometeu e provavelmente viu todas as teorias dos fãs para serem usadas em produções futuras.

Falando um pouco sobre a série, o maior destaque mesmo vai para Wanda e Visão, que mostraram grandiosa habilidade de atuação, embora Elizabeth Olsen e Paul Bettany fossem coadjuvantes nos filmes do MCU, mostraram que conseguem ser protagonistas e grandiosos ainda por cima, pois a cada episódio, a atuação muda, o linguajar muda, até mesmo expressões faciais e corporais são mudadas, pois entre um episódio e outro vemos a evolução das décadas nas sitcoms que são referenciadas, desde The Dick Van Dyke Show, passando por Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Malcolm in the Middle, Modern Family, The Office, entre outras. E em todas essas, vemos uma atuação diferente do elenco.

A fotografia da série é algo que também chama bastante a atenção, pois todos os cenários, embora sejam os mesmos, em teoria, vão mudando também, sendo modificados para serem parte das referências às séries homenageadas e se adaptando a década em questão, seja em arquitetura, tons de cores, objetos, carros, comidas, ou até mesmo roupa, cabelo e gírias. 

Outro ponto bem interessante são as aberturas dos episódios, trilha sonora e os comerciais “avulsos” que vemos, pois as aberturas de cada episódio é feita homenageando grandes séries da década que aquele episódio representa, assim como a trilha sonora e efeitos sonoros também acompanham tudo isso. Os comerciais são um caso à parte nessa série, pois cada comercial que, aparentemente, está completamente avulso, com produtos alheios e marcas um tanto quanto estranhas, faz parte de momentos marcantes na vida de Wanda, que vamos entender apenas lá na frente, na série, quando finalmente conhecemos a real história dela, desde sua infância, até sua atuação nos Vingadores e por final, a vida depois da perda de seu amado Visão. 

Mas um ponto que eu gostaria de ressaltar aqui nesse review que está bem favorável à produção, pois é uma das mega produções da Marvel, levando a qualidade cinematográfica para as séries, e até mesmo, estragando o público, que vai esperar muito mais grandiosidades daqui para frente, é a trama da série e a construção da personagem Wanda em relação a todos os acontecimentos da vida dela. 

Sabe quando parece que nada dá certo na vida, quando só acontecem fatos ruins, desgraças, perdemos pessoas próximas, fazemos alianças erradas, visitamos lugares ruins e aparentemente o universo está contra nós? A vida de Wanda foi assim, uma história típica de vilão de Anime, se caso você esteja familiarizado com o universo dos animes. Os pais dela morreram, ela se uniu a Hydra, passou por inúmeros testes, teve contato com uma joia do infinito que multiplicou muito os seus poderes, dando a ela a capacidade de manipular a magia do caos sem precisar estudar milhares de anos para isso, lutou contra os Vingadores, foi aceita pelo time depois, amou, perdeu seu amado, duas vezes, precisou assistí-lo morrer as duas vezes. Enfim, nada parecia dar certo. 

Até que, uma manifestação de seu poder, faz com que Wanda crie uma redoma, em volta de uma pequena cidade chamada Westville, e dentro dessa doma existe uma realidade paralela, uma segunda dimensão, que está sob o comando e controle de Wanda e lá, ela não teria decepções, pois teria seu amado de volta, teria vizinhos, família, tudo estava debaixo do seu controle, nada poderia dar errado, ou era o que ela achava. 

Nós também temos nossas fugas da realidade, não é mesmo? Temos nossos momentos nos quais não queremos arcar com as consequências de nossas escolhas e ações, pois levaram a eventos que não foram completamente agradáveis para nós, podemos citar várias opções aqui, perda em empregos, brigas em família, relacionamentos que não vão bem, situações na igreja que não saem como esperado, entre outras infinidades de possibilidades que podem e vão fugir do nosso controle. As fugas da realidade são gatilhos que ativamos que vão nos levar a lugares onde tudo está a nosso favor e onde nós estamos no controle de tudo, nem que seja fechar a porta do quarto e ficar lá por horas, apenas pensando nos acontecimentos que queríamos que tivessem ocorrido.

Porém, assim como Wanda, nós precisamos enfrentar o nosso pior inimigo, nós mesmos, para vermos que essa realidade alternativa só traz malefícios para nós e para quem está a nosso redor, assim como Agatha, que faz o papel de satanás muito bem feito, influenciando e confrontando as escolhas de Wanda, na nossa vida, o diabo também nos confronta, pois nós temos a escolha de fugirmos da realidade, ou encararmos que estamos submetidos a Deus e não somos nós que vivemos, e sim, Cristo que vive em nós. Então nossa responsabilidade é realmente resistir ao diabo e escolher viver Cristo. Assim como está escrito nas Escrituras Sagradas do Cristianismo, na Carta de Paulo a Tiago, no capítulo 4 e versículo 7. 

Que essa série seja um alerta para todos nós, que possamos ser Terráqueos com Mentalidade Celestial. 

Recomendo muito que assista a série e veja todas as referências, dê muita risada com os acontecimentos, mate a saudade de alguns personagens do MCU e principalmente, pense no que foi escrito aqui e reveja sempre sua vida, quem sabe você está vivendo em um HEX e nem sabe…



LEIA MAIS SOBRE:

O Tato passou aqui e pediu para você assistir nosso último vídeo.

RECOMENDADO PARA VOCÊ!
PUBLICIDADE