Peacemaker nos ensina sobre costumes e conflitos internos

Peacemaker nos ensina sobre costumes e conflitos internos

POR: TATO CAMPOS - 18.01.2022 00:36
    

 

A caótica série focada no Pacificador, personagem de John Cena em O Esquadrão Suicida, chegou ao HBO Max e já chegou causando muito alvoroço, pois é uma série que não pode ser levada a sério, com conteúdo para maiores, pois apresenta violência, nudez parcial, linguagem pesada, a série veio para contar a história do Pacificador, ou Christopher Smith, que é um super vilão pensando ser herói em uma busca desenfreada pela paz mundial a qualquer custo, não importa quantas pessoas terão que morrer para que ele atinja seu objetivo. 

“Se foi por meras razões humanas que lutei com feras em Éfeso, que ganhei com isso? Se os mortos não ressuscitam, ‘comamos e bebamos, porque amanhã morreremos’. Não se deixem enganar: ‘As más companhias corrompem os bons costumes’. Como justos, recuperem o bom senso e parem de pecar; pois alguns há que não têm conhecimento de Deus; digo isso para vergonha de vocês.” 1 Coríntios 15: 32-34.

O interessante desta série, pelo menos até o episódio lançado no momento deste artigo, é que o personagem Pacificador realmente gostaria de se tornar um herói, tanto que até hesita e não consegue matar crianças mais, mesmo que seus costumes sejam muito errados, pois é filho de um neonazista, racista que odeia tudo e todos, sempre com discursos que diminuem outras pessoas e desprezam os que são “diferente dele”, Pacificador ainda tenta agir como alguém que quer apresentar bondade em si. 

Como sua criação foi extremamente errada, ele é um personagem que apresenta comportamentos estranhos, menosprezando e objetificando mulheres, fazendo comentários racistas sem perceber e tendo atitudes um tanto quanto duvidosas por não saber o que é bom, apresentando o comportamento da bolha, onde quem está na bolha é criado com uma realidade diferente da realidade do mundo e então, passa a pensar que a realidade de dentro é melhor que a de fora. 

Muitos apresentam esse mesmo tipo de comportamento, muitas vezes sem perceber, acabam ofendendo outras pessoas e até diminuindo alguém, por afirmar certezas que aprenderam e se tornaram verdades absolutas. NÃO! Não estou começando um discurso coach que você precisa se libertar de mentalidades que aprisionam e te fazer chorar pois o erro dos seus pais não é culpa sua e agora você tem uma mente milionária e vai humilhar todos que duvidaram de você…. Não! 

Mas, se pensarmos que precisamos, realmente, sofrer uma mudança brusca, que esta mudança seja baseada no texto das Escrituras Sagradas, no livro que apresenta a carta que o Apóstolo Paulo enviou aos irmãos em Roma, no capítulo 12 e versículos de 2 a 8, que dizem: 

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus."
Por isso, pela graça que me foi dada digo a todos vocês: Ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu. Assim como cada um de nós tem um corpo com muitos membros e esses membros não exercem todos a mesma função, assim também em Cristo nós, que somos muitos, formamos um corpo, e cada membro está ligado a todos os outros. 
Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Se alguém tem o dom de profetizar, use-o na proporção da sua fé. Se o seu dom é servir, sirva; se é ensinar, ensine; 8se é dar ânimo, que assim faça; se é contribuir, que contribua generosamente; se é exercer liderança, que a exerça com zelo; se é mostrar misericórdia, que o faça com alegria.”

Transformação de mente é um dos temas centrais dos primeiros episódios da série Peacemaker, pois apresenta o Pacificador protagonizando cenas de conflitos internos e até negação de si mesmo, pois ele percebe que tudo que faz é para afastar as pessoas, pois quer passar a imagem de um ser superior, que tem um conceito elevado sobre si mesmo e, por isso, pode menosprezar a todos e simplesmente usar as pessoas para seu prazer e para cumprir seus objetivos. Ao mesmo tempo que vemos alguém que não quer mais fazer esse tipo de coisa e ter esse tipo de comportamento, pois quer ser reconhecido como um verdadeiro herói, assim como foi no longa O Esquadrão Suicida, ele pode e quer ter atitudes altruístas e heróicas, mas sua natureza fala mais alto, muitas vezes.

“Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer esse eu continuo fazendo. Ora, se faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim.” Romanos 7:19-20.

O mais normal de um ser humano que está tentando ser melhor, ou até ser mais parecido com Jesus, o Cristo, o irmão mais velho, exemplo de vida, ungido de Deus, o Criador, é acontecer alguns momentos de dúvidas e confrontos internos que nos fazem pensar no que queremos fazer e no que realmente fazemos, pois, assim como Pacificador, queremos ser os heróis da nossa história, mesmo sabendo que todos os vilões são heróis em suas próprias histórias, precisamos realmente rever sempre nossas atitudes e escolhas para palavras e atitudes, pois temos a tendência de fazer o que não queremos, para não ferir nosso criador, mas acabamos fazendo o mal que não queremos. 

Que você possa, assim como eu também preciso, deixar Deus tratar seu caráter e aprender que seus costumes possivelmente não são os costumes de alguém que é filho de Deus e então aprenda que o bem que quer fazer não vem de você e sim do Espírito de Deus que é soprado em você, quando é despertado para a realidade de ser adotado por um Pai, todo poderoso que criou tudo! 

E que sejamos cada vez mais parecidos com Jesus, o Cristo, e assim, sejamos Terráqueos com Mentalidade Celestial.

LEIA MAIS SOBRE:
Licença Creative Commons Este conteúdo está licenciado sob a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 4.0 Brasil License.

OUTROS ARTIGOS PARA VOCÊ LER:

VOCÊ PODE GOSTAR DISSO:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Para o bom funcionamento do site, necessário aceitar os coockies. Veja quais são eles.