BdQNews BdCast Vídeos Palavra Nérdica Reviews Anuncie
×
Os Manuscritos do Mar Morto - Entenda o Passado, Viva o Presente, Construa o Futuro

Os Manuscritos do Mar Morto - Entenda o Passado, Viva o Presente, Construa o Futuro

Por: Tato Campos - 27.08.2020 17:03
    

Um dos estilos de games mais famosos é o de aventura, desde Pitfall nós temos esse tipo de games no mercado e sempre são líderes de vendas. Grandes exemplos desse tipo de jogos são os da Franquia Tomb Raider, que segue Lara Croft, uma aventureira que corre atrás de várias relíquias e tesouros que carregam grandes segredos, e para isso, sempre encontra desafios, cavernas, ruínas e muitos outros elementos que remetem o passado, pois muitos dos segredos e desafios são achados em objetos do passado.

Outra franquia dentro dessa temática é Uncharted, onde conhecemos Nathan Drake, que, assim como Lara Croft, é um aventureiro de primeira qualidade, seguindo várias pistas para ter acesso a seus objetivos, em meio a ruínas, construções históricas e objetos do passado para isso. A proposta do jogo é bem parecida com Tomb Raider, tendo um protagonista que tem bastante conhecimento histórico para resolver os enigmas e desafios.

Assassin’s Creed Origins e Odyssey são exemplos muito bons para exemplificar a temática também, aliás, essa franquia toda é um perfeito exemplo de respeitar o passado para abraçar o futuro, não deixando de estudar o presente para entender o contexto geral, pois relíquias do passado que contém um poder inimaginável até o presente podem mudar o futuro.

Mas, será que tudo isso é apenas fantasia, ou tem algum fundamento? Será que temos mesmo que estudar o passado para viver o presente e abraçar o futuro? Assim como as Escrituras Sagradas, que são textos escritos há milhares de anos e ainda carregam ensinamentos para hoje e para o futuro. Um grande exemplo disso são os manuscritos do Mar Morto

Os Manuscritos do Mar Morto são uma coleção de textos e fragmentos de texto encontrados em cavernas de Qumran, no Mar Morto, no fim da década de 1940. O conteúdo desses textos é o conteúdo que encontramos nas Escrituras Sagradas do Cristianismo e é surpreendente a exatidão de textos como os dos livros de Jeremias ou Isaías que se encontram na Bíblia Sagrada.

Antes da descoberta, os manuscritos mais antigos das Escrituras Hebraicas datavam da época do século IV e V da era cristã. Havia muitas dúvidas sobre a confiabilidade dessas cópias. A análise dos textos encontrados mostra que os textos hebraicos eram bastante fluidos antes de sua canonização. Há textos que são idênticos ao texto atual dos livros bíblicos.

O Professor Julio Trebolle Barrera, membro da equipe internacional de editores dos Rolos do Mar Morto, declarou: "O Rolo de Isaías [de Qumran] fornece prova irrefutável de que a transmissão do texto bíblico, durante um período de mais de mil anos pelas mãos de copistas judeus, foi extremamente fiel e cuidadosa."

O Manuscrito em questão, é uma peça com 7 metros de comprimento, escrito em aramaico, contendo o livro de Isaías completo. Diferentemente deste rolo, a maioria deles é constituída apenas por fragmentos, com menos de um décimo de qualquer dos livros. Os livros bíblicos mais populares em Qumran eram os Salmos, que tem 36 exemplares, Deuteronômio, com 29 exemplares e Isaías, que tem 21 exemplares.

Estudar o passado não é apenas estudar fatos históricos, mas sim, ter o conhecimento das gerações passadas, que foram responsáveis por construir o mundo no qual vivemos hoje, saber a história do povo é conhecer os erros e acertos para que possamos aprender a ser um povo melhor, pessoalmente, socialmente e poder carregar o legado de construir sempre um ambiente melhor para as futuras gerações.

Assim vemos nos games que citei acima, Tomb Raider, Uncharted e principalmente em Assassin’s Creed, temos que buscar respostas no passado para perguntas do presente para que o futuro seja um lugar melhor. Na nossa vida é exatamente assim, então a resposta para a pergunta desse artigo é: SIM! Precisamos buscar conhecer nosso passado, para vivermos o presente e construirmos um futuro.

Deus usou a humanidade, desde sua criação, para expandir seu Reino e para ter um povo para relacionamento. O povo já errou muito, o povo já acertou muito, cabe a nós carregar esse legado de ter um relacionamento com Deus e, além disso, cabe a nós não cometer os mesmos erros que fizemos antes de nascermos de novo e até mesmo antes de nascermos, pois como um coletivo, o povo, temos o objetivo de sermos corpo, ajustados e ligados, unidos, como um mecanismo cheio de engrenagens que giram harmonicamente.

Não apenas nessas questões, mas Deus nos ensina algo muito precioso, que é a Cultura da Honra, apenas aqueles que cultivam essa cultura conseguem entender o passado para construir um futuro melhor, pois a cultura da honra traz consigo uma promessa de alongamento de dias, quanto mais honramos, mais conseguimos viver. Deus é um Deus trino, a trindade é muito representada nas Escrituras, inclusive nas nuances da criação, veja bem... Se conseguimos honrar as gerações passadas, vivemos um presente abençoado e construímos um futuro melhor para as gerações futuras, esse é o legado que começou com Jesus e vem sendo carregado desde então pelos discípulos e até hoje, por nós, cristãos que dizem seguir os ensinamentos contidos nas Escrituras Sagradas. Basta tomarmos uma decisão: "Aceitamos a responsabilidade de sermos chamados filhos de Deus ou simplesmente acreditamos ter um gênio da lâmpada que mora no céu, nos perdoa de todos os erros e ainda nos dá tudo que queremos?". 

Respeite e Estude o Passado, aprenda com o Passado, viva o Presente, Abrace e Construa o Futuro!



LEIA MAIS SOBRE:

O Mike acabou de postar um novo vídeo no Canal. Confira ai!

RECOMENDADO PARA VOCÊ!
PUBLICIDADE